"Deixai os pequeninos, não os embaraceis de vir a Mim, porque dos tais é o reino dos céus." Senhor Jesus Cristo
Mateus 19:14
RSS

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Evangelizando com copo descartável

Meu coração era sujo,
Mas Cristo
Aqui já entrou

E o Seu
Precioso sangue

Tão alvo assim
O tornou

E diz em Sua Palavra,
Que ruas de ouro andarei

 Oh, dia feliz
Quando eu cri e a vida
Eterna eu ganhei

Leia Mais...

domingo, 1 de julho de 2018

Propósitos de Provações


O PROPÓSITO DE PROVAÇÕES (Gavin Levi Aitken)
Tiago 1:2-12
Introdução:
Qual é a minha atitude diante das provações? Não podemos perder a perspectiva da vida porque Deus é fiel e não vai nos abandonar. Nele não existe sombra de mudança, somos nós que precisamos mudar. O apóstolo Paulo passou por várias angústias. O próprio Senhor Jesus também se angustiou.
O amor a Deus é a chave para suportar todas as provações da vida. O Senhor manda as provações para produzir perseverança e para que o nosso relacionamento com Ele seja enriquecido e fortalecido. Precisamos ter uma atitude correta em meio as provações.
Que atitudes precisamos cultivar mediante as provações – 5 Princípios:

1.     Uma atitude de alegria – vs. 2
Como podemos atingir a maturidade espiritual em todas as áreas da vida. É necessário considerar e avaliar as provações tendo uma atitude de alegria.
Precisamos aprender e cultivar a alegria em toda e qualquer situação. (Filipenses 4:11).
“...o passardes por várias provações” – fala de sermos “pegos” de surpresa.
Devemos lembrar que a alegria de Jesus é ver os resultados além da cruz (Hebreus 12:2). Assim também devemos esperar e contemplar as provações olhando para frente, esperando os bons resultados. (João 16:22)
O Senhor Jesus sofreu e nós vamos sofrer também. Provavelmente nunca saberemos o que Deus pode fazer através das provações.
·         Cultivar uma alegria absoluta é questão de escolha. O resultado é que terei maior intimidade com o Senhor.
·         Encarar corretamente a aprovação trará maior comunhão com o Pai através da oração e leitura da Palavra.
·         Provação traz intimidade com Deus (1 Pedro 1:3-9)
·         Somos privilegiados quando sofremos.
“Deus sabe com quem Ele pode permitir provações”
Por maior que seja a nossa provação, não se compara com o sofrimento de Cristo (Hebreus 12:3-4). Isso mudou a atitude de Paulo (2 Coríntios 12:7-10).
Paulo tinha profunda alegria em meio as provações (Filipenses 1:12-18).
Paulo aprendeu que através das provações, ele teve maior comunhão com Deus (Filipenses 3:3-10).

2.     Uma mente que compreende – vs. 3
Considere que as “várias provações”, as mais diversas possíveis quebra a nossa tranquilidade. É um teste para que ver se minha fé é genuína ou não. Devemos considerar que se pretendo perseverar na provação é necessário entender alguns princípios:
·         O Senhor Jesus já sabia (João 13:1-3)
·         Deus é poderoso para guardar o meu depósito (2 Timóteo 1:12)
·         Sabendo que Deus age em todas as coisas (Romanos 8:28; Salmos 40:1-3)
“A nossa fé tem que ser colocada à prova. A perseverança é a capacidade de ficar debaixo das circunstâncias até que Deus realize os seus propósitos”
Será que tenho suportado as provações com perseverança?
·         Deus é fiel – Ele está comigo além das minhas forças. Precisamos ter uma mente que compreendas esses princípios. (2 Tessalonicenses 1:3-4).

3.     Uma vontade submissa – vs. 4
       Que haja em nossa parte uma vontade submissa. No versículo 4 diz que deve ter “ação completa”. É uma ordem.
·         Deus quer nos levar a uma maturidade cristã. A provação é um dos meios que Deus usa para esse fim. (Hebreus 12:5-7)
·         Deus é o administrador da provação para trabalhar certas áreas em nossas vidas. Devemos viver a nossa vida sempre na presença de Deus.
·         Devemos confiar no Senhor em cada circunstância da nossa vida (Salmos 131; 46:10)
·         Devemos ter uma vida de submissão (Salmo 37:4-5).
·         A perseverança não é alvo, mas é o meio que nos leva o alvo à maturidade (íntegros e perfeitos) – 1 Pedro 5:10-11.

4.     Um coração que crê – vs. 6-8
É necessário ter um coração que realmente crê e não duvidar. A sabedoria vem de Deus, então olhemos para o Senhor que é a fonte de toda sabedoria.
·         Ele dá copiosamente e nada lhes improspera
·         Ele quer que sintamos dependência somente n’Ele. 
·         Ele não lança a sabedoria – precisamos pedir.
·         Lembre-se que verdadeira sabedoria é dom de Deus (Jó 28:12-23; Tiago 3:17)

5.     Um coração humilde – vs. 9-12
O Senhor tem nos proporcionado tudo o que precisamos ter um espírito humilde, vivendo na dependência somente do Senhor. Os bens espirituais são eternos.
“Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam”.

Conclusão: Deus quer fortalecer a minha fé para que a próxima prova, estarei bem mais fortalecido para suportar. O livramento não é que Deus tira as provas, mas Ele dá a capacidade de suportar e sair vitorioso.

Leia Mais...

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Desafiando as Crianças

"E disse-lhe:Ide por todo o mundo 
e pregai o evangelho a toda criatura"
Marcos 16:15

Aproveite a época da Copa e desafie suas crianças da Igreja para evangelizar seus amigos na escola.
Fiz uma adaptação do programa "Sou do Time de Deus" (Apec). Contamos com a participação de 32 crianças e cada uma recebeu uma bola em miniatura para evangelizar.
O "IDE" do Senhor Jesus é para todos.





Leia Mais...

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Motivos de Oração


"...Muitos verão essas coisas, temerão e confiarão no Senhor" Salmos 40:3

No dia 04 de junho, o Senhor me deu esse versículo enquanto estava lendo sobre provações. Foi como ele pulasse da Bíblia e atingisse o meu coração pensando nas oportunidades que o Senhor tem me dado de levar o Evangelho através de folhetos no hospital.

Na verdade, Deus já estava me preparando para continuar no vale. Ele ainda tem muita coisa para me ensinar. Se esse é um dos propósitos d'Ele, louvado seja o Seu Nome para todo sempre.

A quimioterapia irá continuar até o dia 07 de agosto. Por favor continue orando pela minha vida e compartilhe com suas igrejas.

"Deus quer fortalecer a minha fé para que a próxima prova, estarei bem mais fortalecida para suportar.
O livramento não é o que Deus tira as provas, mas Ele dá a capacidade de suportar e sair vitoriosa"






Leia Mais...

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Eu Sou a Videira Verdadeira


Série "EU SOU"
Eu sou a Videira Verdadeira
Textos: João 15:1-16; Mateus 21:28-30
Versículo para Memorizar: “Eu sou a videira verdadeira, e o meu Pai é o agricultor” (João 15:1).
Objetivos:
Que a criança não salva reconheça que precisa confiar em Jesus como Salvador.
Que a criança salva compreenda que somente vivendo em plena dependência de Deus, Ele produzirá os frutos da salvação.
  • Ensino Principal: Viva na dependência de Cristo para produzir frutos
Introdução: (Professor pode levar cachos de uvas para mostrar para as crianças). Você sabe o que é uma videira? Videira é uma planta que produz uvas. A videira é uma planta trepadeira, ou seja, ela se agarra em alguma coisa para crescer. A uva é uma fruta bem pequena, cheia de suco de casca fina com pequenas sementes. O Senhor Jesus usou a imagem da videira para referir-se a si mesmo. Ele disse: “Eu sou a videira verdadeira”.

Cartaz 1 -  A Bíblia contém verdades profundas acerca da vida cristã. O Senhor Jesus utilizou ilustrações simples para nos ensinar algumas dessas verdades. Quando uma pessoa aceita Jesus como Salvador, precisa ficar unido com Ele para produzir frutos. Ele é a videira e nós somos seus ramos. Quem estiver unido com Jesus viverá uma vida cheia de frutos, porque sem Ele não podemos fazer nada.
Quando produzimos frutos para o Senhor, Deus é glorificado em nossas vidas. Se você já é um salvo Viva na dependência de Cristo para produzir frutos. Quais são os frutos que podemos produzir em nossas vidas? A Bíblia fala do fruto do Espírito. Esse fruto surge quando ficamos ligados em Jesus, e esse fruto é: Amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. (Gálatas 5:22-23). Você pode ser bondoso com alguém, mostrar alegria ao realizar uma tarefa, sê fiel a Deus, ter paciência quando alguém te perturbar. Veja o que diz João 15:5: “Eu sou a videira, vós os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer”.
Se você já é um salvo Viva na dependência de Cristo para produzir frutos. Como filhos de Deus temos a responsabilidade de produzir bons frutos.

Cartaz 2 – Para produzirmos frutos precisamos tomar uma posição de depender totalmente do Senhor e obedecer a Sua Palavra. Jesus contou uma história sobre obediência.
Certo homem tinha dois filhos. Ele foi falar com o mais velho e disse:
- Filho, hoje você vai trabalhar na minha plantação de uvas. Ele respondeu:
- Sim senhor; porém não foi.
Dirigindo-se ao segundo deu a mesma ordem. O filho respondeu dizendo que não queria; mas depois arrependido foi. Qual deles fez o que o pai tinha ordenado? Perguntou Jesus as pessoas que estavam lhes ouvindo, e elas responderam:
- O filho mais novo.
O Senhor Jesus disse: “Em verdade vos digo que publicanos e meretrizes vos precedem de Deus no reino de Deus” (Mateus 21:28-31). O que Jesus estava dizendo era que essas pessoas pecadoras creram e se arrependeram de seus pecados.
A Bíblia diz que todos nós nascemos no pecado. O pecado é terrível! É sempre contra o nosso Deus. Pecado é tudo aquilo que faço, falo e penso que desagrada a Deus. Por exemplo: mentir, olhar a prova do colega, roubar, odiar alguém, bater à porta com forças e muitas outras coisas. Todavia, Deus nos amou tanto que enviou do Céu o Seu Filho Perfeito o Senhor Jesus. Ele veio morrer numa cruz para nos salvar. Ele era o único que poderia derramar seu sangue para a remissão dos nossos pecados (Hebreus 9:22b). Ele carregou sobre si todos os nossos pecados. E pelo poder do nosso Deus, Jesus ressuscitou. Somente um amor tão grande como do Criador de todas as coisas, por cada um de nós foi capaz de enviar seu único Filho. A Palavra de Deus nos diz: “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores” (Romanos 5:8). Você que ainda não creu em Jesus pode crer e se arrepender de seus pecadores.
Nós somos pecadores e aquelas pessoas também eram e se arrependeram.

Cartaz 3 – Quando alguém recebe Jesus como Salvador, e permanece na videira produzirá muitos frutos.
E se você é uma criança salva Viva na dependência de Cristo para produzir frutos. Ao produzirmos frutos para o Senhor receberemos benção de grande valor para nossa vida espiritual. Veremos três coisas de grandes valores:

1. Comunhão íntima com Deus a ponto de vermos nossas orações respondidas. “Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerdes em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito” (João 15:7). Que maravilhosa promessa de que Deus responde as nossas orações segundo a Sua vontade.

2. Deus é glorificado em nós quando produzimos frutos e assim mostra que somos seus discípulos. “Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos” (João 15:8).

3. Ao produzir frutos temos alegria verdadeira. “Tenho-vos dito estas coisas para que o meu gozo esteja em vós, e o vosso gozo seja completo” (João 15:11). Somente Jesus pode dar alegria completa e verdadeira.

Se você é uma criança salva Viva na dependência de Cristo para produzir frutos. Peça ao Senhor para te ajudar e assim você terá essas bênçãos de grande valor.

Cartaz 4 – Para produzirmos frutos da salvação precisamos sermos verdadeiros ramos frutíferos. Uma vez salvos, temos o dever de permanecer unidos com Cristo, para que Ele produza em nós os frutos da salvação. Se você é uma criança que já tem Jesus como Salvador, Viva na dependência de Cristo para produzir frutos.
Gostaria de compartilhar algumas maneiras práticas para ajudar você a produzir bons frutos.
  • ·         Ore, leia e medite na Palavra de Deus
  • ·         Fale de Jesus para seus amigos e seus familiares.
  • ·         Ajude alguém que está precisando. Quem sabe uma visita ou enviar uma cartinha para alguém dizendo que está orando.
  • ·         Vá a Igreja para adorar ao Senhor e aprender mais da Sua Palavra.

Jesus é a nossa árvore boa, Ele é a videira verdadeira. Você está ligado a Ele? Senão peça perdão e volte para o Senhor agora mesmo. Quem não ficar unido com Jesus será jogado fora e secará, será como ramos secos que são juntados e jogados no fogo, onde serão queimados.

Clímax: Você gostaria de ter uma vida alegre, abundante e frutífera? O segredo é permanecer unido com Jesus.

Conclusão: Em Jesus temos tudo o que precisamos para produzirmos bons frutos. Jesus nos escolheu para produzirmos frutos a fim de que tudo quanto pedirmos ao Pai em seu nome, receberemos (João 15:16).

Convite: Você que não confiou ainda em Jesus como seu Salvador, saiba que Ele te ama muito e deseja que você tenha uma vida plena com Ele. Você sabe que tem pecados e que está afastada de Deus? Você quer fazer parte da família de Deus?
A Bíblia diz: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem em seu nome” (João 1:12).




Texto: Darlene Alencar Oliveira
Ilustração: Sérgio Cavalcante
Revisão: Francisca Vandyrene de Sousa


Leia Mais...

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Festas Juninas - Não se Engane


Festas Juninas – Não se Engane
Textos: Lucas 1:5-25; Deuteronômio 6:13; 1 Coríntios 11:17-34; 1 Timóteo 2:5;
Objetivos do Ensino:
Criança não salva: Que a criança reconheça que tem pecados e creia que somente Jesus que morreu em seu lugar, pode salvá-la da condenação eterna.
Criança salva: Que a criança entenda a importância de adorar somente a Deus sendo luz nesse mundo.
Versículo para Memorizar: "Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito:Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele darás culto" Lucas 4:8.

Introdução: Elise e Mateus chegaram em casa bem animados porque sua professora da escola falou para eles sobre as preparações para as festas juninas. Todas as crianças estavam comentando sobre isso. Tanto Elise como Mateus nasceram num lar cristão e estavam com muitas dúvidas sobre essas festas. Eles queriam muito conversar com seus pais sobre isso.
E você tem dúvidas também? Você sabe o significado dessas festas?

Cartaz 1- As festas juninas surgiram há muito tempo atrás no Continente Europeu como uma festa pagã em comemoração à grande fertilidade da terra e às boas colheitas. Era realizada sempre no dia 24 de junho. Devido a grande influência da Igreja Católica no continente Europeu, as festas juninas foram cristianizadas na Idade Média pela igreja Católica. Foram os portugueses que trouxeram essas festas para o Brasil.  Para a igreja Católica o dia 24 de junho é o dia do nascimento de João Batista o qual eles o chamam de São João. Entretanto, em nenhuma passagem da Bíblia, Deus menciona ou ordena que devemos fazer festas em homenagem a profetas, apóstolos ou algum servo do Senhor. A Bíblia também não faz referência ao dia exato do nascimento de João Batista.

Cartaz 2 - Quem era João Batista? A Palavra de Deus nos diz que seu nascimento foi de uma maneira maravilhosa. Zacarias e Isabel eram um casal piedoso. Ambos amavam a Deus e eram irrepreensíveis em sua conduta. Isabel era estéril, sendo eles já velhos. Provavelmente sua única tristeza era o fato de não terem filhos.

Cartaz 3 - Certo dia, em seu turno de serviço no templo, apareceu um anjo do Senhor, em pé, à direita do alto do incenso. Quando Zacarias viu o anjo ficou com muito medo. O anjo disse para Zacarias não ficar com medo. “...não temas, porque a tua oração foi ouvida; e Isabel, tua mulher, te dará à luz um filho, a quem darás o nome de João” (Lucas 1:13).  O anjo Gabriel instruiu a Zacarias a chamar seu filho de João e a consagrar o menino a Deus como nazireu (Números 6:1-21) por toda a sua vida. A criança seria destacada pelas qualidades de profeta precursor do Senhor e seria cheia do Espírito Santo. A incredulidade de Zacarias o deixou mudo. O anjo disse que ele ficaria assim até que esse acontecimento se realizasse.
Cartaz 4 - A Bíblia diz que Isabel concebeu e no tempo como o Senhor havia dito ela deu à luz a João. “Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas” (Lucas 1:37).
Portanto, João Batista (sobrenome acrescentado porque ele batizava) não era uma pessoa que merecia ou teria o direito de ser adorado.
Vejamos suas palavras acerca do Senhor Jesus no Evangelho de João 1:26-27:
“Eu batizo com água; mas, no meio de vós, está quem vós não conheceis, o qual vem após mim, do qual não sou digno de desatar-lhe as correias das sandálias”.
A Palavra do Senhor diz também que devemos adorar somente a Deus.(Deuteronômio 6:13). Com certeza João Batista jamais iria querer que alguém o adorasse ou fizesse uma homenagem para ele.

Cartaz 5 - Nas festas juninas, eles comemoram também a dia de Santo Antônio que é no dia 13 e no dia 29 São Pedro.
Para eles, os termos “São ou Santo” atribuídos a alguém, dá a essa pessoa o direito de ser adorado e reverenciado.
A Igreja Católica ensina que o “Santo Antônio” pode ajudar as pessoas conseguirem um casamento. Em nenhuma parte da Bíblia fala sobre isso.
E quanto a “São Pedro”? Quem foi afinal?
Pedro foi um dos apóstolos do Senhor Jesus. Inspirada pelo Espírito Santo ele escreveu duas cartas 1 e 2 Pedro que estão no Novo Testamento. O desejo de Pedro era glorificar a Deus quer por meio da sua vida, quer por meio da sua morte. Diz a tradição que Pedro foi crucificado, mas que pediu para ser colocado de cabeça para baixo na cruz, pois não era digno de morrer como o Senhor Jesus tinha morrido.
A festa de “São Pedro” é uma das mais comemoradas entre as festas juninas. Para a religião Católica comemora a morte de “São Pedro”.
Em nenhuma parte das Escrituras encontraremos orientações para comemorar a morte de alguma pessoa ou adorá-la. As Escrituras nos dão orientações quanto à celebração da Ceia do Senhor.  ( 1 Coríntios 11:17-34).  A Ceia do Senhor é para lembrar que Cristo morreu pelos nossos pecados, Ele foi o nosso substituto, quitando uma dívida que jamais poderíamos pagar.

Cartaz 6 - E talvez você esteja pensando quanto a fogueira.
A questão da fogueira na Antiga Europa era devido a época do frio. Realmente na Europa o frio é intenso nesse período.  No entanto a religião Católica ensina que Isabel combinou com Maria que faria uma grande fogueira para que Maria, ao ver a fumaça, soubesse que o seu bebê tinha nascido. Assim estaria comunicando a boa nova. Em nenhuma parte da Bíblia encontramos esse relato.
A festa junina está ligada à veneração e, por isso, é idolatria. O Senhor não aprova a idolatria. Idolatria é pecado contra o Deus. O pecado é algo muito sério e o castigo para o pecado é a morte – a condenação eterna longe de Deus para sempre (Romanos 6:23). Todos nós nascemos com a inclinação para fazer tudo do nosso jeito e não do jeito que Deus quer. Deus na sua infinita misericórdia e por causa do seu grande amor para conosco, enviou do céu o Senhor Jesus, Seu Filho Perfeito. Ele de boa vontade morreu na cruz derramando sangue para que pudéssemos ter os pecados perdoados. (1 João 1:7). Ele tomou o nosso castigo. Ele pagou um alto preço para que eu e você pudéssemos um dia morar no céu para sempre. Ele viveu novamente. Jesus venceu a morte (1 Coríntios 15:3-4).
E se você conhece a Jesus como seu Salvador não deve participar dessa idolatria que Deus abomina.

Cartaz 7 - E pode ser que sua professora te chame para dançar na quadrilha. Saiba que a quadrilha tem sua origem francesa de uma dança de salão “Quadrile” e veio para o Brasil no século XIX.
Antigamente colocava um homem e uma mulher representando o homem do campo (matuto) como sendo um pobre miserável, com dentes podres, roupas rasgadas e sapatos furados. Porém hoje as quadrilhas são diferentes, eles se vestem de uma maneira elegantes e até participam de concursos.
Se você tem Jesus como Salvador saiba que Deus te chamou para ser “Luz” do mundo e não para imitá-lo. Vejamos o que diz Mateus 5:14: “Vós sois a luz do mundo”. Significa que você deve deixar Jesus brilhar através de você fazendo o que agrada a Deus e adorando somente a Ele.

Será que Deus se agradaria de tais festividades, quando sabemos que elas vão contra o que Ele diz em sua santa Palavra?
Normalmente as pessoas que participam destas comemorações imaginam que estes santos podem interceder por eles, mas sabemos que eles não podem fazer nada por ninguém, Pedro e João foram discípulos obedientes a palavra de Jesus, mas eles não podem intermediar por ninguém, porque esta missão foi dada para Jesus "Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem” (1 Timóteo 2:5).
Desafio: Se você tem Jesus como seu Salvador lembre-se que você deve adorar somente a Deus sendo luz nesse mundo. O que diz o versículo que memorizamos? “Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a ele darás culto” (Lucas 4:8). Pode ser que na escola sua professora te convide para você participar dançando na quadrilha. Se isso acontecer peça a Deus força e coragem para dizer “NÃO” a esse tipo de festa que proclama a idolatria.
Convite: E você que está aqui e nunca confiou em Jesus como Salvador. Ele deseja te libertar da escravidão do pecado. Você aprendeu hoje que tem pecados e que o pecado te afasta de Deus. Lembre-se que o Senhor morreu e ressuscitou por você. A Bíblia diz: “Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” (Romanos 10:13).








Texto: Darlene Alencar Oliveira
Revisão: Francisca Vandyrene de Sousa
Ilustrações: Pieter Bruegel, Freepik e Free Bible Images
Leia Mais...

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Eu sou do Time de Deus


Agora sou do time de Deus, 
Entreguei minha vida a Cristo!
Ele fez o goool!!
Que marcou a história, 
quando 
morreu em uma cruz!
Tirou-me do triste pecado 
Levou-me pra sua luz !
Deu-me paz 
E salvação 
Limpando,
O meu coração!
Crescerei com meu Jesus 
Obedecerei 
o seu querer, 
No campo,  
que é o mundo, 
Farei
 jogadores pra Ele

Eu sou do time,
 Eu sou do time, 
 Eu sou do time...
 de Deus

Letra e Música: Gislene Kelin de Oliveira


Leia Mais...

As Cores Que Falam

Vejam as cores 
que falam do Amor (3x)
Grande amor 
que o bom Deus tem por nós.

Dourado fala do reino de luz,
que Deus é Santo
e vive na luz.
Dourado fala do reino de luz
onde Deus quer que eu
viva com Ele.

O escuro lembra 
que sou pecador
no meu falar e também no agir.
O escuro lembra 
que sou pecador
e preciso do bom Salvador.

Vermelho fala do sangue precioso,
do sangue precioso 
na cruz derramado
Por Jesus Cristo 
que foi castigado,
pagando por meu pecado.

O branco fala do meu coração
que creu em Cristo
e já tem seu perdão!
Que era sujo mas
hoje está limpo,
Jesus já me deu salvação.

O verde lembra e me fala de vida,
Jesus viveu novamente.
Está vivo!
Jesus me deu vida
e andando com Cristo
serei parecido com Ele.

Letra e Música: C.M.Moreira
Adaptação: Ismael Lira
Leia Mais...