"Deixai os pequeninos, não os embaraceis de vir a Mim, porque dos tais é o reino dos céus." Senhor Jesus Cristo
Mateus 19:14
RSS

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Trajetória Missionária

 
Após navegarmos o dia inteiro
Pelo desmedido rio Negro
Entre a enorme floresta amazônica
Com o vento esvoaçando nossos cabelos
E o sol começando a ofuscar

Exaustos pela longa jornada
O anseio de chegar à aldeia
Tomava conta dos tripulantes
Entretanto o inesperado aconteceu
O motor da voadeira deixou de funcionar

A correnteza nos afastava do destino
O temor envolveu nossa alma
Então uma oração brotou dos lábios
Um lindo hino nos fez entoar
“Eu avisto uma terra feliz”

Depois de uma luta de vinte minutos
Rogando ao Senhor pelo conserto
O Pai Celestial acolheu nosso clamor
O motor tornou a funcionar
Entoamos um “Graças a Deus”

Prosseguimos à viagem com lenitivo
Um sentimento de vergonha nos calhou
Por duvidar da Soberania de Deus
Do abrigo constante
E do Seu controle sobre o rio Negro

Enfim chegamos à aldeia
Parte conhecida como “Cabeça do Cachorro”
Estávamos em solo indígena
Os nativos esperavam à beira do rio
É impossível registrar a sensação

Primeiro encontro com os indígenas
A seguir com os missionários
O abraço da pequena Elise
O choramingado do Mateus
E o sorriso da Ritinha

Após uma noite acomodados
Ao som da floresta
Despertamos animados
Saboreando um delicioso café
E toda a tribo dando as boas vindas
Expressando que estavam contentes

Iniciamos a missão entre as crianças
Com histórias Bíblicas
Curso de flauta e cânticos
Servindo ao Senhor com alegria
Mesmo não entendendo a língua

Depois de determinados dias
Precisávamos voltar à civilização
Houve músicas e presentes
Ganhamos colares e comidas
Foi uma noite memorável

Tempos inesquecíveis para nós
Que contaremos à vindoura geração
O privilégio de servir a Deus
No meio de um povo no Alto Rio Negro
Gente como nós que carece da salvação
E um dia contemplaremos o que a Bíblia diz.

“Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão
que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas,em pé diante do Cordeiro, vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos, e clamavam em grande voz dizendo: Ao nosso Deus, que se assenta no trono, e ao Cordeiro, pertence a salvação”.  Apocalipse 7.9-10


Darlene Alencar Oliveira
Obs: Essa viagem foi realizada no ano de 2012. 
Hermany e Lia foram os que viajaram comigo. Zenilson, Ritinha (minha irmã) com os filhos Elise e Mateus são os missionários que vivem entre os baniwas.

4 comentários:

Hermany Capistrano disse...

Obrigado, Darlene! Realmente aquela viagem e todas as experiências nela vividas (muuuuiiiiitas.....kkkkkk) serão inesquecíveis para mim. Sobretudo, em sentir na pele, a maravilhosa certeza que Deus está no controle pleno e absoluto de todas coisas.

Cyntia Gioconda Honorato Nascimento disse...

Parabéns Darlene e demais! Realmente experiência assim é um privilégio para poucos!

Kilderi disse...

Serva de Deus, como é bom saber que apesar de todas as suas lutas você continua buscando agradar ao Senhor, Deus seja louvado com tudo isso, um forte abraço desse seu irmão

Carlos Roberto Arndt disse...

Amiguinha, você consegue fazer da vida uma poesia. Quando é que vai sair o livro.

Postar um comentário