"Deixai os pequeninos, não os embaraceis de vir a Mim, porque dos tais é o reino dos céus." Senhor Jesus Cristo
Mateus 19:14
RSS

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Aninha - "A Boneca Que Fala"

Amados,
Minha alma estava um pouco ansiosa porque finalmente o dia de ir ao “CENTRO PEDIÁTRICO DO CÂNCER” havia chegado. Exatamente ao meio dia, o casal de missionários Ronaldo e Nancy Johnson chegaram para irmos juntos ao hospital e lá encontraríamos com Dayana e Laura.
Orei ao Senhor e pedi que me ajudasse porque não saberia qual seria a minha reação ao ver as crianças doentes. Ainda na entrada do hospital vi um bebê e segurei as lágrimas para não chorar. Eu já estava emocionada porque Laura havia compartilhado comigo que uma criança falou pra ela o seguinte: “Tia eu não quero que a senhora passe pelo sofrimento que estou passando”.
Louvei muito a Deus pela Dayana e Laura porque mesmo sendo tão jovens estão se dedicando a esse ministério. Fiquei mais feliz ainda quando vi as crianças correram para abraçá-las.
As meninas pediram para que todas se sentassem porque eu tinha algo importante para mostrar que estava dentro da mala e apresentei a minha boneca Aninha. Como elas ficaram felizes querendo beijar, abraçar e tirar foto com Aninha. Um menininho de dois anos estava com o celular tirando foto da boneca. Outro menino de três anos chamado Renan ficava o tempo todo perto da Aninha.
E graças a Deus que no momento da história todos ficaram atentos até uns adultos entraram para ouvir e conhecer a “boneca que fala”.
Esse é mais um campo missionário e precisamos de mais pessoas como essas jovens para adentrar e mostrar o amor de Deus.
Dou graças a Deus pela D.Nancy que levou os cordeirinhos como lembranças e ao Pastor Ronaldo, o nosso motorista e fotógrafo.
Não tenho palavras para agradecer ao nosso grande Deus por esse privilégio de compartilhar do Seu amor para com essas vinte e cinco crianças. É um campo aberto até para os pais porque não é fácil para eles como no caso de uma mãe que disse que precisava deixar seus dois filhos com os vizinhos a fim de acompanhar o tratamento do seu filho mais novo de apenas dois aninhos.
O nosso desejo era visitar as crianças nas enfermarias para que elas conhecessem a Aninha, mas a maioria estava tomando quimioterapia e corriam o risco de pegar alguma infecção, então não nos permitiram.
Obrigada a todos que oraram. Continuem orando por essas crianças e pela Dayana e Laura.
Darlene

2 comentários:

Anônimo disse...

Missionária,
Lindo o seu trabalho. Que Deus te abençoe.

lidia lidinha disse...

Deus seja louvado! Gostaria muito de morar em fortaleza para poder ajudar na obra missionária, Deus tem me dado esse desejo desde a implantação da APEC em minha cidade... Deus abençoe a vida Darlene.

Postar um comentário