"Deixai os pequeninos, não os embaraceis de vir a Mim, porque dos tais é o reino dos céus." Senhor Jesus Cristo
Mateus 19:14
RSS

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O PÔR DO SOL


O Pôr do Sol

Quando se dá o acaso
Numa tarde de arrebol;
É difícil descrever
O pôr do sol.
 
Um silêncio reina.
Tento traduzir minhas emoções;
Contemplando a beleza do poente,
Brilhando no ocidente.

É uma obra de arte
Do Perfeito Pintor.
Que esse espetáculo criou,
Cujo espectador é pequeno.

Aos poucos desaparece
Nas montanhas, vales e nuvens.
Deixando a lembrança e à esperança
De que amanhã,
Haverá outra exposição.

Quando o choro chegar,
Pode até durar uma noite.
Mas alegria vem pela manhã.
O orvalho da madrugada cedo passa.

E o sol brilhará.
Há esperança para o aflito.
É Ele quem dá vitória
Mesmo quando o sol se põe.

Autoria: Darlene Alencar Oliveira
Foto: Saindo de São Paulo para Porto Alegre (2010)

6 comentários:

Ronnie Farias disse...

A certeza do sol voltar amnhã é como a certeza que O Senhor Jesus está sempre conosco o tempo todo. Ainda que amanheça nublado cremos que o sol está lá.
QUE BELA POESIA, Deus lhe abençoe!
QUE DEUS MARAVILHOSO!

Karen Rachel disse...

Querida Darlene,
Que bela poesia! Pelo jeito, o super-Ronnie já cuidou de tudo! Meu computador está com um problema grave, e foi levado para reparos. Somente agora pude me deter na sua agradável solicitação, mas vejo que o Senhor já proveu o necessário!
Beijos,
Karen

Caetano disse...

Oi Darlene lembra de mim, sou de Irauçuba!!
Linda a Poesa o Senhor te inspirou creio! Caetano

Vanderli disse...

linda poesia amiga!

Thaline Livia disse...

O Pôr do Sol é realmente um presente belo de Deus... obra prima maravilhosa do Criador... Vc como sempre escrevendo muito bem! Beeijo Dadá

Rtinha disse...

Darlene, realmente Deus te deu o dom para escrever!!!bjus(Ritinha; Escola Priscila)

Postar um comentário